Home / Saúde / Sexo? De novo? Acho que já transamos mês passado!
disfunção sexual feminina curitiba tratamento e terapias 300x225 - Sexo? De novo? Acho que já transamos mês passado!

Sexo? De novo? Acho que já transamos mês passado!

disfunção sexual feminina curitiba tratamento e terapias 300x225 300x225 - Sexo? De novo? Acho que já transamos mês passado!As dificuldades mais comuns encontradas pelas mulheres são alcan­çar o orgasmo, sentir baixa libido e, as vezes, dor. Os motivos podem ser físicos, emocionais ou do próprio relacionamento.

Em termos emocio­nais, além das complicações citadas anteriormente, ainda temos a baixa autoestima e a imagem corporal.

O corpo é uma ferramenta essencial no sexo, além de uma obsessão mundial. A eterna obrigação da mulher de ter um corpo perfeito não aju­da em nada na sua relação com o sexo. O principal problema é que as mu­lheres nunca estão satisfeitas com seus atributos e isso se reflete, e muito, na cama.

A mulher está mais preocupada com o que o parceiro vai ver do que com o que vai acontecer de fato. O mais louco é que, cientificamente, os homens se sentem mais atraídos por mulheres com curvas do que por aquelas magras demais – não querendo desmerecer o valor de uma silhue­ta mignon.

A baixa autoestima é uma das grandes barreiras no sexo, uma vez que a autoconfiança é provavelmente o maior atrativo que uma pessoa pode ter. A insegurança, por sua vez, é a mais brochante.

É difícil se aceitar como você é. Aliás, acho que não há ninguém que eu conheça que se aceita exatamente como é. Mas uma coisa é certa: nós, mulheres, nos concentramos mais nisso do que os homens. No ato sexual, então, eles não querem nem saber. Nizo diz o seguinte: “Não importa se a mulher é ‘feia’ ou ‘gorda’, o homem é tão animal que acha um ângulo e ‘vai’.” Ou seja, nós é que nos importamos com isso.

Digo tudo isso porque também sofri com esse problema durante al­gum tempo. Aliás, em geral, nós nos achamos bem mais gordas do que realmente somos. E nossa autoimagem nos consome a um grau tão alto que quase nos enlouquece! Apesar de sabermos que o peso ideal que as revis­tas mostram é irreal, e que essas mulheres não são a maioria, continuamos insistindo em chegar lá! Não está na hora de mudar o disco? Ou de dar uma folga pelo menos na hora da transa?

Agora, se o problema não é emocional, pode ser que seja físico. O mais importante, aqui, é entender que cada pessoa é uma pessoa e que a doença, e principalmente, o tratamento dela, pode provocar efeitos completamente diferentes.  Mas lembre-se que há variantes, o corpo humano é a máquina mais incrível que existe, por isso não é só porque a sua amiga toma remédio e dá o efeito X que você obterá o mesmo resultado.

Então, se nenhum dos itens acima se aplica a você e você desconfia que o seu problema seja físico, continue a investigar. Você poderá estar com uma simples deficiência de vitaminas ou outra condição que pode ter uma solução muito mais fácil do que se imagina.

Tatiana Presser

Psicóloga & Sexpert

Sobre Tatiana Presser

Tatiana Presser
Psicóloga & Sexpert

Check Also

premature ejaculation - Vontade de transar, volta aqui!

Vontade de transar, volta aqui!

Confira 7 questões físicas que podem roubar o seu apetite sexual, caso a sua baixa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: