Home / Saúde / Dicas, SexToys e Afins / Masturbação, um dos maiores benefícios do sexo !
masturbacao3 - Masturbação, um dos maiores benefícios do sexo !

Masturbação, maior benefício do sexo !


A masturbação é a base de tudo! É na masturbando que aprendemos o que gostamos e deixamos de gostar. Só conhecendo nosso próprio corpo podemos passar para o outro o que nos proporciona prazer!

Masturbação, um dos maiores benefícios do sexo !

Folhetim da Masturbação

Você é o seu manual. Abre-se e leia-se.

 

Os objetivos desse exercício são vários! Em primeiro lugar, somente a masturbação vai te ensinar onde você gosta de ser acariciada, como os carinhos podem te levar ao clímax e o que é necessário para que isso aconteça. É fundamental você ter esse conhecimento do seu corpo para você explorar sua sexualidade e passar para um nível de prazer inédito. Ao longo deste post os outros objetivos ficarão claros, então aproveitem a leitura e animem-se!

 

Mesmo que você tenha um vibrador, neste momento, ele terá que ficar na gaveta! Mas não se preocupe, logo logo ele voltará à ativa. Isso porque, usando os dedos você tem sensibilidade, já o vibrador (ou chuveirinho rsrsr), tem suas vantagens, claro, mas, neste momento, se você puder, adote os dedos. Agora, se não tem como… ta bommmm! (é difícil separar uma mulher do seu brinquedinho preferido…rsrs)

 

– Deixe as crianças com a vovó, manda o maridão ver o jogo na casa de um amigo. Se você não tem exatamente estes empecilhos, se livre dos que tem. (brincadeirinha!)

 

– Deite na cama numa posição confortável e abra as pernas. Esqueça as imagens de filme pornô com a mulher cheia de óleo, se esfregando toda. Se quiser coloque um travesseiro debaixo do bumbum. Crie um clima para relaxar, mas se não quiser também não tem problema, faça o que deixa você confortável.

 

– Pegue um pouco de lubrificante e espalhe nos lábios e clitóris. Inicie massageando toda a área. Não tenha medo de explorar, há mulheres que adoram acariciar os seios, outras não. As pessoas tem os mais diversos pontos de prazer, nada no seu corpo é proibido, isso inclui o anus!

 

– Comece a trabalhar no clitóris. Tem mulheres que tem uma sensibilidade maior no clitóris, então vá pelo lado, observe qual lado reage melhor e explore esse ângulo. Se o contato direto do seu dedo com o clitóris provocar uma sensação de nervoso, é a própria masturbação vai ajudar a tirar essa hiper sensibilidade..

 

– Olhe para baixo e veja em que ângulo está sua mão, ou melhor ainda, coloque um espelho. Se a idéia é mostrar para seu parceiro o “caminho das pedras”, você tem que saber o que você esta fazendo, como seus dedos se posicionam, aonde e em que intensidade estão. Só você vendo o que está fazendo é que vai saber ensiná-lo. Só não te garanto que você saberá qual foi a aeróbica que seus dedos fizeram pra te levar ao êxtase, então preste atenção.

 

– Tem mulheres que aumentam a intensidade das caricias ao chegar o orgasmo, outras não. Observe sua reação ao chegar perto. Suas pernas ficam tensas ou relaxadas? Você faz algum movimento especifico? Todos estes dados são importantes pra atingir orgasmos na penetração e para que estes orgasmos sejam cada vez mais intensos.

 

– Em geral, o orgasmo do homem dura 5 segundos e o da mulher uns 15. Então observe o seu e informe esse tempo pra ele, assim ele não vai parar ou diminuir radicalmente a velocidade no meio do seu orgasmo.

 

– Numa escala de 1 à 10, alcance o nível 9½ , desça até numero 7-7½  e depois 8½-9 e suba novamente,. Repita isso algumas vezes. Assim vai começar a ter noção de como controlar seu orgasmo. Uma vez esta técnica é dominada na masturbação, ela dever ser aplicada ao orgasmo via penetração! Se utilizar um sextoy para estimular o clitóris, melhor ainda! Assim sua chance de provocar um orgasmo misto, via clitóris e penetração (ponto G) , aumenta bastante, provocando um orgasmo intenso!

 

– Em geral as mulheres não colocam nada na vagina quando estão se masturbando. Enfie um dedo, brinque um pouco. Aproveite quando você está bem excitada e vê se consegue identificar o ponto G. Algumas mulheres gostam da sensação de preenchimento, então use um vibrador (há modelos especiais para estimulo do ponto G) ou se você prefere algo que não vibre, use uma protease peniana (também tem para o Ponto G).

 

– Experimente tencionar os músculos do períneo. Logo , logo vou escrever um post só sobre isso!

 

– Experimente também com diferentes apetrechos. Se esfregar numa almofada, com chuveirinho, abra a gaveta e tire o vibrador, enfim, a diversidade vai te dar outras opções para chegar ao orgasmo e, conseqüentemente, você poderá repetir a dose com seu companheiro.

 

– Fantasie, não tenha medo das suas fantasias! É necessário fantasiar para chegar aos seus desejos. Nós, seres humanos, somos capazes de fantasiar com coisas que normalmente nos provocaria repulsa, isso não significa que você seja pervertido! Relaxa e vê onde vai dar essa fantasia. O que te chama mais atenção, o ato “pervertido” em si ou a situação que esta em volta? A forma com que o(s) personagem(s) etc. te trata na cama, as sutilizas das palavras e dos gestos. Será que não é isso que você quer levar para o real? Fantasias são justamente isso: fantasias. Não necessariamente tem que ir para o real.

 

– As mulheres em geral são mentais, já o homem é visual, ou seja, um filme pornô pode até agradar algumas mulheres, mas a maioria se estimula muito mais com historias. Na internet existem inúmeros sites onde você pode ler contos eróticos sobre diversos temas.

 

– Aproximadamente 94% das mulheres tem o primeiro orgasmo se masturbando. E para quem anda sem muita vontade de transar com o(a) parceiro(a), saiba que a masturbação não substitui o sexo, ao contrario, dá mais vontade!

 

Vai fundo e sem medo de ser feliz!

11/04/16

Vejo o texto de Nizo Neto sobre o assunto:

Tatiana Presser

Psicóloga & Sexpert

Sobre Tatiana Presser

Tatiana Presser
Psicóloga & Sexpert

Check Also

7l7qt8 - Amigo SEXcreto: apimentando as tradições Natalinas!

Amigo SEXcreto: apimentando as tradições Natalinas!

Ninguém aguenta mais aquela piadinha do “É pavê ou para cumê?!” e nem as perguntas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: