Deixe o nojinho de lado!

7 dicas para você deixar o “nojinho” fora da transa!

Você já ouviu aquela expressão “está na chuva, é para se molhar”? Então, se decidiu transar VAI COM TUDO. Não se prive de determinadas experiências só porque tem nojo de algumas coisas. Sexo bom é sexo com vontade, qualidade e mente aberta. Se vai fazer algo meia boca, por pura obrigação, é melhor nem fazer.

Mas se você está aqui é porque se propõe a ser o melhor no que faz. Sendo assim, confira nossas 7 dicas de hoje:

1 – HOMEM: É inadmissível que você tenha nojo do próprio gozo, se você gosta de ejacular dentro da boca da sua parceira! Virar a cara para não beijá-la depois disso faz com que ela nunca mais queira engolir seus fluídos. Não seja incoerente, o semém foi produzido dentro do seu organismo e se você quer que ela engula, demonstre tesão e carinho por ela se dispor a curtir essa situação. Ps.: Mulherada existem pesquisas que comprovam que a alimentação influencia no sabor da ejaculação masculina, que tal trocar a carne vermelha pelo suco de abacaxi no dia da transa?

2 – MULHERES e HOMENS: Mulheres menstruam. Não é nojento. Não é feio e muito menos pecado. É da natureza feminina. Se vocês dois têm tesão mesmo durante esse período do mês, não se privem de curtir um sexo prazeroso com os hormônios à flor da pele por puro preconceito. (confira o texto Sexo menstruada, fazer ou não fazer? Eis a Questão…)

3 – HIGIENE é extremamente necessária para uma vida sexual feliz e saudável. E para rolar uma atração sexual também. Então tenha o bom senso de limpar com cuidado seu pênis e sua vulva, para evitar que acumule secreções. Caso exista um mau cheiro, que não esteja relacionado a limpeza, procure por um médico, afinal a saúde de ambos está em jogo.

4 – PELOS PUBIANOS são controversos. Há quem goste de sem nada, com pouco ou até com bastante. Isso vai do gosto de cada um e aqui vale um diálogo sincero e descontraído. Não precisa ter nojo e se abster de chegar perto do orgão sexual, basta conversar sobre a possibilidade de uma depilação ou uma máquina para abaixar o comprimento da cabeleira.

5 – Homem faz cocô e mulher TAMBÉM. Aceitem essa realidade. É da natureza do organismo eliminar o que não é aproveitado pelo nosso corpo, não há nada de nojento nisso. Uma camisinha durante o sexo anal resolve a questão da saúde. Fiquem tranquilos, até porque as fezes não ficam no reto e ninguém vai fazer sexo anal com vontade de evacuar, dessa maneira o pênis não estará em contato com o temido cocô.

6 – SEXO ORAL não é nojento. Tudo bem, é nojento se você trabalhar o dia inteiro, ou querer iniciar as preliminares antes de tomar banho na volta da academia. Fora isso, quando bem feito, (o diálogo sobre preferências é tudo) sexo oral é normal e MUITO prazeroso. Inclusive essencial para atiçar tanto o homem quanto a mulher. Certifiquem-se que a área está limpa e podem cair de boca!

7 – HOMENS E MULHERES: Por último, mas não menos importante, a ejaculação feminina é uma dádiva, um presente orgástico de Deus para as mulheres. Todas gostariam de ejacular, mas só algumas tem essa vantagem (ela independe do orgasmo). Logo, não tenha nojo ou vergonha. Pesquisas indicam uma ligação entre o estílumo do Ponto G (que existe sim, é só acessar o artigo da Sexpert para entender melhor) e a ejaculação feminina. Ela é natural e uma excelente maneira de finalizar um sexo bem feito!

Em alguns momentos seus amigos vão torcer o nariz e falar “ECA! Que Nojo”, mas pode confiar na gente, com certeza muitos deles seguem essas dicas entre quatro paredes.

12/07/2016

Tatiana Presser

Psicóloga & Sexpert

10 comentários em “Deixe o nojinho de lado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

* Você pode usar tags e atributos do HTML.

O E-mail é opcional.